quinta-feira, 8 de abril de 2010

Dia do Índio - História do Dia do Indio


História do Dia do Índio

Comemoramos todos os anos, no dia 19 de Abril, o Dia do Índio. Esta data comemorativa foi criada em 1943 pelo presidente Getúlio Vargas, através do decreto lei número 5.540. Mas porque foi escolhido o 19 de abril?

Origem da data
Para entendermos a data, devemos voltar para 1940. Neste ano, foi realizado no México, o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano. Além de contar com a participação de diversas autoridades governamentais dos países da América, vários líderes indígenas deste contimente foram convidados para participarem das reuniões e decisões. Porém, os índios não compareceram nos primeiros dias do evento, pois estavam preocupados e temerosos. Este comportamento era compreensível, pois os índios há séculos estavam sendo perseguidos, agredidos e dizimados pelos “homens brancos”.
No entanto, após algumas reuniões e reflexões, diversos líderes indígenas resolveram participar, após entenderem a importância daquele momento histórico. Esta participação ocorreu no dia 19 de abril, que depois foi escolhido, no continente americano, como o Dia do Índio.
Comemorações e importância da data Neste dia do ano ocorrem vários eventos dedicados à valorização da cultura indígena. Nas escolas, os alunos costumam fazer pesquisas sobre a cultura indígena, os museus fazem exposições e os minicípios organizam festas comemorativas. Deve ser também um dia de reflexão sobre a importância da preservação dos povos indígenas, da manutenção de suas terras e respeito às suas manifestações culturais.
Devemos lembrar também, que os índios já habitavam nosso país quando os portugueses aqui chegaram em 1500. Desde esta data, o que vimos foi o desrespeito e a diminuição das populações indígenas. Este processo ainda ocorre, pois com a mineração e a exploração dos recursos naturais, muitos povos indígenas estão perdendo suas terras.

Vida de Índio

Os índios possuem uma maneira própria de organizar a vida.
Entre eles tudo é dividido com o objetivo de fazer a aldeia funcionar em harmonia.
A divisão de trabalho, por exemplo, segue basicamente critérios de idade, sexo e acumulo de conhecimento e cultura.
Na grande maioria das aldeias indígenas brasileiras esta divisão funciona como podemos observar abaixo.
Funções e divisão do trabalho entre os índios brasileiros:

- Homem adulto: são responsáveis pela caça de animais selvagens. Devem garantir a proteção da aldeia e, se necessário, atuarem nas guerras. São os homens que também devem fabricar as ferramentas, instrumentos de caça e pesca e a casa (oca).

- Mulheres adultas: cabe às mulheres cuidarem dos filhos, fornecendo-lhes alimentação e os cuidados necessários. As mulheres também atuam na agricultura da aldeia, plantando e colhendo (mandioca, milho, feijão, arroz, etc). As mulheres também devem fabricar objetos de cerâmica (vasos, potes, pratos) e preparar os alimentos para o consumo. Devem ainda coletar os frutos, fabricar a farinha e tecer redes (artesanato).

- Crianças: os curumins da aldeia (meninos e meninas) também possuem determinadas funções. Suas brincadeiras são destinadas ao aprendizado prático das tarefas que deverão assumir quando adultos. Um menino, por exemplo, brinca de fabricar arco e flecha e caçar pequenos animais. Já as meninas brincam de fazer comida e cuidar de crianças, usando bonecas.

- Cacique: é o chefe político e administrativo da aldeia. Experiente, ele deve manter o bom funcionamento e a estrutura da aldeia.

- Pajé: possui grande conhecimento sobre a cultura e religião da tribo. Conhece muito bem o poder das ervas medicinas e atua como uma espécie de “médico” e “curandeiro” da aldeia. Mantém as tradições e repassa aos mais novos através da oralidade. Os rituais religiosos também são organizados pelo pajé.

Diversão Indígena

Além de trabalharem, os índios também se divertem. Nas aldeias, eles fazem festas, danças e jogos. Porém, estas formas de divertimento possuem significados religiosos e sociais. Dentre os jogos, por exemplo, destacam-se as lutas. Estas são realizadas como uma forma de treinamento para guerras e também para desenvolver a parte física dos índios
TEXTO INFORMATIVO

A expressão genérica "povos indígenas" refere-se a grupos humanos espalhados por todo o mundo, e que são bastante diferentes entre si. Apenas no Brasil, há mais de 200 desses povos.
É apenas o uso corrente da linguagem que faz com que, em nosso e em outros países, fale-se em povos indígenas.Os povos indígenas contemporâneos estão espalhados por todo o território brasileiro, com exceção dos estados do Piauí e Rio Grande do Norte. Vários desses povos também habitam países vizinhos. No Brasil, a grande maioria das comunidades indígenas vive em terras coletivas, declaradas pelo governo federal para seu usufruto exclusivo.
SUGESTÃO: A partir da leitura e exploração com os alunos do texto, pesquise as influências indígenas em nossa cultura, na linguagem, na comida e costumes.
Sugestão de link para pesquisa:


Orientação metodológica: As professoras poderão propor uma pesquisa referente a contribuições indígenas: nomes, culinária, artes, etc. Exaltem que os índios são muito importantes na formação do povo brasileiro. Muitos dos nossos hábitos, dos alimentos que consumimos e das palavras que usamos são de origens indígenas.
Somos um povo misturado, com todas as raças e todos merecem ser respeitados.

Para enfatizar a data:

  1. Pode-se agendar uma visita ao Museu do Indío (Rua das Palmeiras, 55 - Rio de Janeiro - RJ, 22270-070 - TEL : 21 2286-2097 - http://www.museudoindio.org.br/)

  2. Que tal uma Exposição da Cultura Indígena - Divida as turmas por assuntos, onde cada turma deverá confeccionar, cartazes, objetos que traduzam a cultura índigena. E para incrementar ao final pode servir um lanche típico a base de mandioca.

  3. Não esqueça do traje! Enfeite e produza com seus alunos utensílios e colares.

Algumas curiosidades:

Nome de pessoas: Iara, Jandira, Jaciara, Bartira, Moema, Moacir, Ubiratã.

Nome de animais: jacu,jacaré,jacutinga,tamanduá,guará,tatu,tamanduá.

Nomes de lugares e rios: Pará,Curitiba,tietê,Iguaçu,Potiguar,carioca,Juquitiba.


Modelos de trajes tirados do blog da jacirinha - Oficina de Criatividade









2 comentários:

Deusa do Coração Puro disse...

Amei o seu blog !!! Parabéns... Beijos
Estou montando o meu agora te espero por lá...

Crislâine disse...

Amei também !Parabéns!

Postar um comentário

Seguidores

Visitantes