quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

ARTES NA ESCOLA - PROJETO PARA O ENSINO DE ARTES




Justificativa:A arte tem um poder expressivo de representar idéias através de linguagens particulares, como a literatura, a dança, a música, o teatro, a arquitetura, a fotografia, o desenho, a pintura entre outras formas expressivas que a arte assume em nosso dia a dia.

A arte faz com que o ser humano possa conhecer um pouco da sua história, dos processos criativos de cada uma das linguagens artísticas, o significado de novas formas de utilizá-la, sempre se aprimorando no decorrer dos anos.


Ensinar arte na escola torna-se importante para o desenvolvimento cognitivo dos alunos, pois o conhecimento em arte amplia as possibilidades de compreensão do conhecimento em arte, amplia a possibilidade de compreensão do mundo e colabora para um melhor entendimento dos conteúdos relacionados a outras áreas do conhecimento, tais como matemática, língua, história e geografia.

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação nacional (Lei nº 9.394/96), no artigo 26, inciso 2º, dispõe que “o ensino da arte constituirá componente curricular obrigatório, nos diversos níveis da educação básica, de forma a promover o desenvolvimento cultural dos alunos.

Os Parâmetros Curriculares (PCN,1997) dão à área de arte uma grande abrangência, propondo quatro modalidades artísticas:
1ª - Artes visuais: com maior amplitude que artes plásticas, englobando artes gráficas, vídeo, cinema, fotografia e as novas tecnologias, como arte em computador.
2º - Música
3º - Teatro
4º - Dança, que é demarcada como uma modalidade específica.

Conteúdos e Objetivos Específicos


A expressão artística permite ao aluno apreender o universo visível que o rodeia , seja ele, na sua essência, natural ou criado pelo Homem. Permite, no meio dos tecidos sociais, a compreensão do património artístico e cultural, a percepção estética, a abordagem conceptual dos artistas, o desabrochar da sensibilidade.

A expressão dramática permite ao aluno alargar a visão da vida, aprender a fazer escolhas e a tomar decisões. Trata-se duma actividade global que compreende uma dimensão gestual, visual, sonora, verbal e intelectual.

A expressão audio-visual permite ao aluno compreender a tecnologia dos aparelhos audio-visuais e ajuda-o a compreender o mundo


EXPRESSÃO ARTÍSTICA

Objetivos específicos

O aluno deve ser capaz de :
reconhecer e utilizar:
o ponto
a linha
a forma
as cores
a composição
o espaço
os materiais
a textura
a perspectiva
o ritmo
seleccionar diferentes materiais e ferramentas, segundo as necessidades;
utilizar diferentes materiais e ferramentas, segundo as necessidades;
organizar-se para executar uma tarefa;
apreciar obras de arte:
-aspectos técnicos
-conteúdos
-trabalho e estilo do artista

Recursosdesenho
pintura
modelagem/escultura
bricolage/recorte
impressão/escrita à mão

EXPRESSÃO DRAMÁTICA

Objetivos específicos

O aluno deve ser capaz de:
reconhecer e apreciar o jogo dramático;
utilizar os meios de expressão relacionados com o jogo dramático;
exprimir-se com confiança;
explorar os recursos vocais (respiração, entoação, articulação);
melhorar a expressão oral;
utilizar o jogo dramático para exprimir emoções, acontecimentos, personagens.

Recursos
jogo dramático ( improvisação e composição em mímica/expressão gestual/expressão corporal)
poesias/contos/peças teatrais
montagem e realização artística

EXPRESSÃO AUDIO-VISUAL

Objetivos específicos

O aluno deve ser capaz de:
reconhecer e familiarizar-se com meios técnicos;
analisar criticamente ( reconhecer mensagens publicitárias, informações, produções
artísticas );
utilizar imagens para exprimir sentimentos e ideias pessoais.

Recursos:máquina fotográfica /câmara escura
câmara digital/video/estúdio de montagem
televisão/gravador
cinema/filmes


Princípios Específicos

Abordar a Educação Artística com a criança significa:

- sensibilizá-la às belezas naturais do meio envolvente,
- ajudá-la a apreciar uma paisagem, um ambiente, um objecto, uma obra de arte, através da utilização dos sentidos;
- permitir-lhe a familiarização com diferentes media;
- levá-la à compreensão de que as realidades estéticas existentes no meio envolvente são resultado duma fusão entre riquezas naturais e criações do Homem.


Envolver a criança nesta abordagem é ajudá-la a:- exteriorizar e a desenvolver as suas capacidades artísticas;
- tomar consciência das suas possibilidades;
- desenvolver-se e afirmar-se.

Praticar Educação Artística é:
- criar situações de expressão;
- trabalhar num clima de confiança e de liberdade;
- trabalhar num espaço facilitador de criatividade individual ou colectiva;
- trabalhar mergulhado num ambiente cultural constituído por produções quer de
crianças quer de artistas consagrados;
- trabalhar rodeado duma diversidade de ferramentas e de instrumentos;
- trabalhar em contacto com o meio artístico ou artesanal (exposições, concertos);
- ir ao encontro de artistas no seu ambiente de trabalho.


ATIVIDADES

Os projetos podem ser individuais ou coletivos. Convém ter em atenção que o trabalho individual favorece a autonomia enquanto que o trabalho cooperativo favorece as trocas, a entre-ajuda, a complementaridade. É importante envolver cada aluno, desde o início do projeto, dando-lhe oportunidade de ser ele mesmo a estabelecer as normas do desenrolar e do funcionamento das tarefas.

É preciso ter em conta a diversidade dos alunos:
- respeitar o ritmo de trabalho de cada um;
- privilegiar uma abordagem multisensorial para prevenir as dificuldades de alguns
deles;
- prever as necessidades dos mais dotados.

As atividades podem ter lugar na sala de aula ou fora dela.
É importante planificar as atividades que fazem apelo à participação de outros parceiros .


Sugestões de Atividades:
EXPRESSÃO ARTÍSTICA
  • Desenhar livremente.(Ilustrar de formapessoal)
  • Utilizar diferentes materiais.
  • Reproduzir modelos reais.
  • Organizar o ‘atelier’ de pintura. Brincar com /experimentar/
    explorar/ as cores.
  • Experimentar técnicas variadas (pontilhismo, guache, aquarela).
  • Organizar o ‘atelier’ de cerâmica, de modelagem, de escultura.
  • Trabalhar com diferentes materiais ( areia, plasticina, barro, gesso ...).
    Utilizar as mãos.
    Utilizar utensílios diferentes. Organizar um espaço.
    Utilizar materiais reciclados e materiais específicos.
    Utilizar materiais apropriados às atividades.
  • Experimentar técnicas (com diferentes instrumentos de escrita, com vegetais, com tecidos, esfregão, esponja linóleo,...).
  • Estar em contato com obras de arte.
    Visitar exposições e museus (atividades antes, durante e depois da visita).


EXPRESSÃO DRAMÁTICA
  • Experimentar com os sentidos.Jogos sensoriais, jogos de motricidade, jogos de relação, jogos de ficção,jogos vocais.
  • Seguir as regras da dinâmica de grupo. (respeitar as instruções, os outros, o espaço ).
    Improvisar a partir de situações concretas, de instruções, de materiais, de histórias, de criações.
  • Observar, escutar, participar, cooperar, apreciar, respeitar o seu trabalho e o dos outros.
  • Ir ao teatro, com preparação anterior tendo em vista a nova experiência.
  • Analisar espetáculos teatrais (gênero, aspectos técnicos, significação, valor cultural ).
EXPRESSÃO AUDIO-VISUAL
  • Ir ao cinema , com preparação prévia tendo em vista a nova experiência.
    Analisar produções cinematográficas (género, aspectos técnicos, significação, valor cultural).
  • Organizar o ‘atelier’ de fotografia /figuras(utilizar a máquina, a câmara digital, a câmara escura,Anlisar imagens...)
  • Analisar os programas (publicidade, ficção, telejornal, desenhos animados, video clips,...).
  • Encontrar-se com profissionais da televisão (Atividades opcionais)
AVALIAÇÃO
A avaliação está diretamente ligada com a definição dos objetivos específicos. É um instrumento essencial para registro das competências que os alunos adquiriram. A abordagem didática específica desta disciplina implica a escolha de instrumentos de avaliação diversificados. A avaliação contínua permite fazer o inventário das aptidões dos alunos, registrar os progressos feitos e ressaltar as necessidades de formação. O professor procede à avaliação utilizando fichas de observação, um inventário de aptidões, uma lista de verificação e tomando nota das observações. Os outros meios, tais como o dossiê individual, as fichas de auto-avaliação, os trabalhos individuais e coletivos também podem ser empregados.

Seguidores

Visitantes